retornando

então que meu atraso não deu em nada =\ depois de quinze (quinze!) dias “ela” desceu

muito choro, frustração, decepção e todas essas coisas de quem ja foi tentante por muito tempo sabe como é

bem, seis meses nem é taaanto tempo assim, bola pra frente e rumo ao próximo ciclo..

Anúncios

Sobre a maternidade

 Eu sempre quis ser mãe. Quando era mais nova, acho que antes mesmo da adolescência, eu já dizia que ia ser mãe. “Eu posso até não me casar, mas filho eu quero ter.” (e a minha mãe apavorada! ahuaha). Mesmo assim eu sempre tive muita consciência de que existe um tempo para tudo e mesmo com essa vontade imensa de ter um filho, nunca quis apressar as coisas. Na verdade eu tinha um mega pavor de engravidar antes da hora.

Então eu conheci o amor da minha vida, e depois de cinco anos, estamos casados, e morando no nosso cantinho. No ar paira aquela sensação de que agora é que a doideira começa. Agente sabe que ainda estamos praticamente em lua de mel e que a vida de casados não é nada fácil e parece que ansiamos por isso. Eu sino no meu marido também, essa expectativa de que a “festa” comece logo, de que as coisas explodam de uma vez.

E se tiver um filho, para pirar mais ainda o cabeção ótemo.

 

Nesse momento, a leitora casada e com filhos há mais tempo, abaixa os óculos e balança a cabeça em negação “tesc tesc coitada, mal sabe ela na enrascada que esta se metendo”

Gente, ter filho cedo é foda? Claro que é. Ter mais tarde é menos foda? Claro que não. Então! Não queremos esperar, se é para f@~% com tudo que seja agora. Estamos com 25 anos, não acho tão cedo assim. E esse negocio do casal aproveitar a vida a sós o maior tempo possível, não cola com a gente.

Queremos um filho para aproveitar a vida conosco, não para ter uma vida paralela a nossa. Vamos fazer nossas descobertas em conjunto, vamos aprender uns com os outros, e quando der problema (por que certamente vai dar), bora resolver, todo mundo xxunto… 

Eu tenho tanta consciência de que ter filho (gestar, criar e largar no mundo) é difícil pacas que na minha cabeça louca eu acredito que eu tenho que fazer isso o quanto antes. Enquanto eu ainda sou jovem saudável, linda e cheia de disposição. Como eu disse antes, estou a todo vapor…

 

 

Tentando…

O meu ciclo sempre foi de 28 dias religiosamente, sério até a hora do dia era a mesma. Há seis meses quanto parei de tomar o anticoncepcional, ele se manteve certinho.

Então eis que estou no meu quinto dia de atraso. Como um teste de farmácia negativo..

loading…

Já faz uns bons anos que eu acompanho blogs sobre maternidade. Estou há seis meses na categoria de tentante, e já me acho no direito de criar o meu próprio blog.

Existem mil e uma coisas que eu gostaria de escrever, mas agora que o negocio é real, confesso que me sinto um pouco envergonhada…

A ideia que eu tenho para o meu blog é simplesmente escrever o que eu sinto conforme for acontecendo. Então antes de escrever, eu me pego querendo separar tudo, organizar por tópicos, datas, começo meio e fim. Fica difícil para a minha mente entender que não tem como fazer isso enquanto a minha historia acontece, enquanto a minha vida esta em pleno vapor, não mesmo, ainda restam muitas descobertas a serem feitas, muitas verdades que eu sei que serão questionadas e derrubadas.

Então, numa frase que eu me pego repetindo de vez em quanto, vamos lá, vamos ver no que vai dar.